Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Super-Mercado

Eu gosto de fazer mercado, ver as promoções, as novidades, escolher as frutas, comprar umas manguaças uns pitisco, mas ando sem paciência pra parte, vamos dizer assim, burocrática de ir ao supermercado.

Chegar. Moro em São Paulo, nem se eu tivesse que atravessar a rua seria fácil de chegar no mercado, se eu for andando até lá gasto uns 20 minutos.

Estacionar. Praticamente impossível. Até hoje eu não entendo por quê o estacionamento tem duas "alas" a coberta e descoberta. Quando está chovendo, vc tem que estacionar na coberta, que tem metade das vagas descobertas,o pior, o mercado que eu frequento tem o estacionamento coberto no nivel mais baixo, e a rua que passa ao lado enche quando chove ou seja, risco de alagamento do estacionamento... (sem comentários...)

Lembro uma vez de estar lotado e de ter fica rodando atras de uma vaga uns 10 minutos até que achar uma família colocando as compras no carro. Encostei dei seta e fiquei esperando colocarem todas as compras no corcel 74 azul calcinha, pena que o carro era mal cuidado e parecia que a calcinha nunca tinha sido lavada, fora os remendos... 18 minutos depois, dois cigarro e a falta de palavrões para xingar a familia corcel 74 eles vão embora.

Colocar itens o carrinho. Primeiro eu nunca consigo pegar um carrinho que funciona direito, é sempre um penso prum lado, é outro com a rodinha travada, é outro enferrujado. Tirando isso, ufa finalmente a parte legal!!

Escolhe, olha, vê preço, data de validade, hum promoção, itens de geladeira por último, pô não tem cerveja gelada!?!?!, oba degustação, vixi, muda de corredor que tá vindo a sua sogra.

Pronto, fim da alegria, bora pagar..

... antes fosse..

Como sempre procurei a menor fila do caixa, achei uma fila com uma compra média passando e logo atrás uma compra relativamente pequena.
A compra que estava passando, passou pagou, e se pirulitou dali, já a compra que estava na sequencia...
A moça fez o favor de pagar compra com 5 cartões diferentes, e olha que num tinha dado 200 cruzado, pronto pagou, minha vez?
Nãoooo.
A cidadã pagou 5 contas, carregou o celular da familia inteira, acho que era familia de coelho porque era numero que não acabava nunca... Quando acabou e chegou a minha vez, adivinha... vai fala ai o que vc acha que aconteceu... vai conta ai fala auto, vamos ver se vai acertar...

ACABOU O TURNO DO CAIXA!!! Faz sangria, desfaz sangria, bebe a sangria e chama fiscal, e erra conta e conta de novo e reclama. eu quase voando no pescoço do caixa quando acabou a luz PRONTO O INFERNO SE ARMOU, computadores reiniciam, luzes de emergencia se acendem e o caixa começa a contar tudo de novo.. 10 minutos depois...

-Boa noite senhor, nota fiscal paulista?

Enfia a porra da nota fiscal paulista no rabo seu fela da puta do caraleo tem uma hora que estou na fila pra pagar as minhas compras, o imbecil que tava trabalhando antes de vc não sabe contar é um jumento tem que ir pra roça puxar arrado, porra! meu sorvete derreteu, meu frango assado congelou e vc quer saber de porra de nota fiscal paulista?!?! - foi o que pensei, mas falei

-Sim, 1223223232, posso ir trocar o meu sorvete?!?

"Comentem ai!!!"

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Trem - Iniciantes no horário

Todo dia pego o trem para ir trabalhar, pelo menos aqui em São Paulo o trem não é a melhor opção, porém é a única que anda... geralmente (dia sim, dia também), o trem estrumbado de gente.. infelizmente hoje, por estar ,sem bateria, não estava ouvindo música, estava a ouvir a conversa alheia, para completar, tinha um grupinho de adolescentes pegando o trem pela primeira vez nesta lata de sardinha ambulante.
Quando eu entrei no trem, já lotado, já estava a reclamar do excesso de pessoas, o trem parte. Durante o trajeto, não ocasional pois infelizmente acabei ficado próximo a eles que falam alto também, descubro que vão se matricular em um curso.
Próxima estação. sai 3 pessoas entra 12, mais umas reclamadas, no trajeto para próxima estação, onde o bicho pega (estação de integração com o metrô), descubro que 2 meninos estão junto com as meninas, também descobri que a loira (oxigenada) ficou com o primo da baixinha, que por sua vez pegou o vizinho da gordinha que namora o irmão da mais alta...
Próxima estação, agora o bicho pegou, desce umas 10 pessoas e, inacreditavelmente, entra 50. A sessão de reclamação se estende até a próxima estação com frases do tipo:
-Pô esse povo já não devia estar no trabalho?!?!?
-Tá loco povo sem educação.
-Droga, tirei meu pé do chão e agora não tenho onde colocar...
-Bem que minha mãe falou para ir mais tarde...
-Será que dá pra parar de empurrar...
E tantas outras que não me lembro...
Próxima estação, desce algumas pessoas, não consegui contar, pois foi um número razoável ... as reclamações diminuem e volta o assunto, super-interessante, do grupo. Fico sabendo que a baixinha não sabe fazer conta, nas palavras dela: "Genteeeee eu preciso aprender a fazer conta de vezes e de dividir, pois só sei fazer conta de mais e de menos. (...) mês que vem eu vou estar na OITAVA série e num sei nada de matemática...". Engraçado isso pois o resto do caminho, até a estação que desci, o assunto foi:
- O dj Lucas, é lindo e eu já peguei ele (pelo menos 3 das 4 meninas disse isso)
- Ahh meu para, quem disse que vc precisa saber matemática, português e inglês pra vc conseguir um emprego??? (Se vc quiser varrer a rua, num precisa mesmo)

Isso é um sinal de Deus:
- NUNCA, NUNCA MESMO, ESQUEÇA DE CARREGAR SEU GADGET, POIS FICAR OUVINDO CONVERSA ALHEIA TE DEIXA BURRO, OU TE FAZ SE SENTIR FODÃO SÓ PORQUE SABE FAZER CONTAS DE ADIÇÃO, SUBTRAÇÃO, DIVISÃO E MULTIPLICAÇÃO, TUDO NA MESMA SENTENÇA.

PS.1: Gostaria muito de dizer que isso teve um toque de Ficção, mas não teve, tudo descrito foi verdade.
PS.2: Esse texto era para ser postado originalmente SEXTA-FEIRA (28/01), por outros motivos, só hoje mesmo...rs


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Férias - Proteção Solar

Certas coisas acontecem com a gente que não são fácies de entender.
Devido a falta de coloração na minha pele, não sou albino, mas sou muito branco, se eu pegar um sol na tentativa de pegar um bronze, já era... Fico vermelho (as vezes roxo, outro dia conto essa história), descasco e fico branco de novo, nem pego um bronze, por esse motivo, estava eu curtindo as tão esperadas férias exatamente como você imaginava, sol, piscina, cerveja, sossego essas coisas. Foi quando minha namorada me lembrou de passar protetor solar.
Ela me trouxe um protetor de essência de numsei.oquelá com um cheiro tão doce, tão doce que deve ser proibido pra diabéticos, a parada dá overdose de açúcar. Relutei um tanto para passar o fedor doce até passei..
Tomei uma cerveja e fumei um cigarro na beira da piscina, depois disso já me sentia um biscoito em formato de gente um cheirinho de baunilha exalava do meu corpo, que juro que tive vontade de morder meu braço pra saber se era mesmo meu braço ou era uma bolacha recheada.. Fui dar um tibum para ver se o cheiro ia embora ou eu derretia.
Nenhuma das duas coisas aconteceu, o cheiro ficou mais forte. Subi em uma boia e fiquei lá tomando um sol na piscina até quando percebi uma abelha me rodeando, me joguei na água afim de evitar uma picada, dei algumas braçadas, do jeito que sei nadar (como um martelo sem cabo), parei perto da borda e fiquei observando a abelha. Ela parecia ter perdido algo, voa de um lado para o outro como se tivesse presa dentro de uma caixa invisível, até quando ela deu uma pirueta dupla-carpado-de-costas e veio em minha direção em velocidade máxima até parar na minha fuça... ficou olhando nos meus olhos, como se quisesse dizer algo, mesmo se quisesse eu num ia entender nada pois enquanto ela me olhava eu olhava ao redor e pude ver uma caralhada de abelha juntas vindo... não pensei duas vezes, dei um roriukem na abelha, sai da piscina e corri para o banheiro, me enfiei no chuveiro... um sabonete e 30 minutos depois sai do banheiro, ainda podia sentir o cheiro... quando eu olho para a piscina as abelhas "deitadas" na boia vazia, furada pelas abelhas e elas todas quase mortas por causa dos conservantes do protetor solar... pelo menos não fiquei vermelho...

O início do princípio do começo...

Bom...
Preciso começar de algum modo...rs
Neste primeiro post de meu primeiro blog (como se blog fosse uma coisa bem recente...rs), quero explicar o que desejo fazer, ou falar, ou escrever (fica a seu critério).
Sou um bom leitor, quando gosto do livro o devoro com certa facilidade, entre muitos livros que li, tem um do Marcelo Rubens Paiva, que me "inspirou" a criar esse blog.  Não és Tu Brasil (1996), neste livro ele narra fatos com um pouco de ficção, essa é a idéia deste blog!!! Narrar fatos do cotidiano de um paulistano (no caso eu) com um toque de ficção até por isso ele se chama A Head With Wings (Uma cabeça com asas), uma  "viagem" que se transforma em post...

Em breve postarei o primeiro "conto urbano"...

Até lá!!