Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Cidade grande

Quando se vive em uma cidade grande a gente pega umas manias, costumes e vícios que se fosse em cidades pequena acho que não existiria.
Aqui em São Paulo, por exemplo, somos viciados em filas, não importa do que é feita a fila a gente entra, quer melhor o transito (fila de carros a espera que os 300 carros a frente se desintegre, para que possa andar).
Tipos de fila que é pra matar o cidadão de raiva ou de vontade de entrar nela:

* Fila de banco, constituída de 30% de idoso, 67% de variações de boy (office boy, motoboy, office girl, playboy ) e os outros 3% são composto de pessoas que não se utiliza do bankline ou são as tem grau 2 no vicio em filas.

* Transito 70% dos carros parados nesta fila transporta somente o motorista, desta parte 30% não precisariam estar na rua neste momento. 25% são pobres coitados que estão completamente esmagado dentro do transporte coletivo e 5% são dos espertinhos que pegam carona.

* Por falar em transporte coletivo, é impressiona como um ônibus que deveria levar 80 pessoas (30 sentadas e 50 em pé) carrega pelo menos 120 pessoas.

Voltando as filas... vou fazer um passo a passo do meu dia para mostrar que se eu não pegar fila acho que entro em crise de abstinência.

Saio de casa e vou para o ponto do ônibus, quando o ônibus chega fila adivinha.... Fila para entrar, dai tem fila pra andar, fila para passar a catraca, fila para descer.

Chego ao trem, se tenho bilhete uma fila a menos senão, fila para comprar o bilhete, fila para passar a catraca, fila para entrar no trem, essa ultima fila por exemplo, é um caso diferenciado pois sem que está nessa fila e a porta abre é um empurra-empurra geral, as vezes me sinto em meio a um show, só falta música boa, porque dentro do trem sempre tem um cidadão escutando funk sem os fones de ouvido, não que eu não goste de funk... EU ODEIO, ABOMINO...

Fila pra descer, fila pra subir as escadas, fila pra andar, fila para descer as escadas, fila pra andar, opa... não é sua vez de respirar - ta furando fila. Fila para passar a catraca...

Ufa, finalmente tô quase no escritório... hummm bateu um fome, vou pra padoca tomar um cafe com pão na chapa... ahhhhhhhh Fila pra pedir, fila pra ser atendido, fila pra pagar. Opa agora já era.

Chego no trabalho e adivinha... fila pra passar a catraca do elevador.

Bom por hoje é só de filas... hahahaha essa piada foi boa, vou cortar passos repetidos pra não ficar tão chato assim.

Almoço, fila para se servir, fila para sentar, fila pra pagar..

Hora de ir embora, são praticamente os mesmos passos de vir trabalhar, só que com um pouco mais de emoção, pessoas fedendo, pessoas mal-humoradas e aquele cara ouvindo funk no celular tá no trem, com o celular mais alto.... Nesse momento eu juro que eu queria mais uma fila... Fila para quebrar o celular destruir o cartão de memória eliminar a possibilidade de que esse aparelho volte a tocar funk!!!

Campanha: Nunca pegue o Trem sem um aparelho que toque música, senão seus ouvidos serão judiados pelo funk...

Nenhum comentário:

Postar um comentário